be2 leva você ao amor da sua vida
 

be2 - Entrar na área de usuário


Falta inserir seu apelido Endereço de email inválido Senha errada

December 2008

Discutindo o preconceito

“Faz quatro anos que não beijo ninguém. Sexo, então, nem sei mais o que é isso. Isso existe, aliás?”. Quem conta, gargalhando alto, mas depois em tom de “não tô brincando, é sério, a coisa tá feia”, é aquela amiga que sempre julguei poderosa. Bonita, inteligente, magrinha, roupas sempre bacanas, bem-sucedida na profissão… e agora ela vem me dizer que falta homem no mercado? Nem sei se acredito… mas por que ela mentiria, não é?

Minhas filhas não sabem

Uma fatalidade levou a mulher de Nelson aos 37 anos de idade: naquela tarde de segunda-feira, a cabeleireira Lu, como era conhecida a esposa do contador na pequena cidade do interior paulista, foi atender uma cliente com pressa e não viu um carro que saía de uma garagem também apressado. Resultado: o choque derrubou Lu na rua, que morreu na hora. Nelson conta que quando soube da notícia quase morreu junto.

Brinde ao amor na madrugada

Naquela noite quente, depois de muito tempo sem uma conversa íntima, Sílvio chamou Laura pra tomar um chope. Não, não é nada daquilo que vocês estão pensando, hein… Sílvio e Laura não são namorados, nem ficantes ou coisa parecida. Nem acho que virão a ser um dia. São é amigos de longa data, praticamente irmãos.

Procurando alguém para uma vida.

Será que o verdadeiro amor existe? Será que existe realmente alma gêmea? Será que todas as pessoas casadas (e felizes) encontraram o seu único e eterno amor? Essas perguntas estão sempre na cabeça de quem está procurando alguém para compartilhar a sua vida. Algumas pessoas decepcionadas com a busca, diriam que não. Outras ainda preferem acreditar que ele está ai à volta – também a procura.

Confidência entre amigas

“Meninas, que bom que vocês vieram aqui… tô precisando tanto falar… ontem foi a entrevista com o dono daquela editora bacana… Vocês sabem, era o emprego dos meus sonhos. Uma revista charmosa, de turismo. Muitas viagens à vista, prestígio e qualidade de vida. Mas a conversa não fluiu. E sabem por quê? O editor se espantou quando eu disse que não era casada… Ele me falou: ‘Seu marido não vai ligar de você ficar viajando tanto?’.